Comissão Própria de Avaliação - CPA
 
O processo de autoavaliação conta com a participação de uma comissão designada para planejar, organizar, refletir e cuidar dos interesses de toda a comunidade pelo processo; com a participação e envolvimento de toda a comunidade acadêmica interna e externa com o apoio da mantenedora da IES e com o apoio da alta gestão da Estácio Ribeirão Preto e com a disponibilização de informações e dados confiáveis – A Comissão Própria de Avaliação – CPA.
 
A Comissão Própria de Avaliação (CPA) é responsável pelo desenvolvimento de todas as ações previstas no processo autoavaliativo. A CPA tem como objetivos: planejar, organizar, sensibilizar a comunidade acadêmica quanto à importância da participação de todos no processo e fornecer assessoramento aos diferentes setores da Instituição.
 
Compete à CPA da IES:
 
I. Elaborar e implementar o Projeto de Avaliação Interna da IES, considerando as metas definidas no PDI e PPI;
II. Conduzir, coordenar e articular o processo interno de avaliação da Instituição (autoavaliação);
III. Sistematizar e disponibilizar as informações por ele geradas, bem como prestar as informações solicitadas pelo INEP, com base no art. 11 da Lei 10861/2004;
IV. Constituir subcomissões de avaliação;
V. Elaborar e analisar relatórios e pareceres e encaminhar às instâncias competentes;
VI. Desenvolver estudos e análises visando ao fornecimento de subsídios para fixação, aperfeiçoamento e modificação da política de avaliação institucional;
VII. Propor projetos, programas e ações que proporcionem a melhoria do processo avaliativo institucional;
VIII. Sistematizar e prestar informações relativas ao AVALIES (Avaliação das Instituições de Educação Superior) solicitadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), no âmbito do SINAES;
IX. Participar de reuniões com os avaliadores externos quando da avaliação de cursos, seja para autorização, reconhecimento ou renovação de reconhecimento e recredenciamento da Instituição, disponibilizando informações resultantes do processo de avaliação interna da IES.
X. Divulgar os resultados obtidos nas Avaliações Internas e Externas, incluindo o ENADE, das potencialidades e fragilidades apontadas, para que ações sejam fomentadas com vistas à regularização dos procedimentos para atender às demandas oriundas da avaliação.